quinta-feira, 17 de agosto de 2017

[Pegadas & Opiniões] 'A Amiga' de Dorothy Koomson

Sinopse:
Quando o marido é promovido, Cece Solarin muda-se para Brighton com os três filhos, animada com a possibilidade de um recomeço. No entanto, o ambiente do bairro que a acolhe parece-lhe ansioso e os vizinhos sobressaltados.
Cece descobre que, três semanas antes, Yvonne, uma das mães mais populares da zona, foi deixada às portas da morte, no pátio da escola dos filhos - a mesma onde se vê obrigada a inscrever os seus.
No primeiro dia de aulas, Cece conhece três mães muito diferentes que parecem querer ajudá-la neste novo começo. Mas Maxie, Anaya e Hazel são também amigas de Yvonne, e a polícia desconfia que uma delas poderá estar envolvida no crime.
Preocupada com a segurança dos filhos, Cece está decidida a descobrir a verdade…

Opinião: Não é novidade nenhuma que para mim é sempre um prazer ler Dorothy Koomson, pois desde o primeiro livro seu que li fiquei apaixonada pela sua escrita e pelas suas histórias tão tocante e reais.
Com o apoio da Porto Editora pude disfrutar desta maravilhosa leitura durante a minha semana de férias.
"A Amiga" conta-nos a história de Cece Solarin, recém-chegada a Brighton, com a sua família. Sob a perspectiva de "cidade nova, vida nova" Cece faz três novas amizades, com três mulheres cujos filhos andam na Preparatória de Plummer, tal como os seus gémeos.
Logo no primeiro dia de aulas, Cece apercebe-se de que o clima na escola está misterioso e pesado. O que se terá passado para todos ficarem sérios e incomodados com a presença do marido de Yvonne Whidmore? Porque estará toda a gente a sussurrar e conspirar?
O que Cece descobre deixa-a um pouco receosa: Yvonne, uma das mães da escola, foi encontrada inanimada, dentro do recinto escolar, ficando em coma de tão espancada que foi.
Todas as novas amigas de Cece, a Anaya, Maxie e Hazel, estiveram com a vítima na noite do crime e todas elas reportam diferentes versões dessa noite, ficando sob a alçada da polícia como principais suspeitas. Porque mentem? Do que são capazes para guardar um segredo?
Cece, graças a uma relação atribulada do seu passado, vê-se obrigada a colaborar com a polícia para desvendar o crime. À medida que a história se desenvolve ficamos a saber que muitas pessoas teriam motivos para querer magoar Yvonne, pois a mesma toda a vida se aproveitou das fragilidades e segredos de amigos e conhecidos para os chantagear com diferentes objectivos, como subir na vida ou ser popular.
A história é narrada através das quatro personagens principais, a protagonista Cece e as três amigas, permitindo ao leitor conhecer melhor todas elas bem como os seus receios, segredos. A forma como Dorothy conduz a narrativa através da perspectiva das diferentes heroínas enriquece, sem dúvida, o romance. À medida que vamos conhecendo as personagens vamos compreendendo que nem tudo o que parece é e ficamos a par de quatro histórias de vida verdadeiramente tocantes e comovedoras.
Mais uma vez, Dorothy não desilude. História bem construída, personagens fascinantes e um mistério cujo fim surpreende!

Classificação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário