sábado, 23 de setembro de 2017

[Pegadas & Divulgações] Novidades A Esfera dos Livros

Sinopse: No regresso à rotina a Esfera dos Livros traz-lhe um livro que fecha um ciclo. Depois do grande sucesso dos títulos Ama-te eAma-te Nível 2 – Assumir a Alma, o coach e escritor motivacional Gustavo Santos apresenta um livro onde permite perceber que o amor é a base de tudo: das relações afetivas, da amizade, da nossa vida profissional, no fundo, de tudo aquilo que nos rodeia. Em A Verdade do Amor, o autor leva-nos a descobrir um Novo Mundo, um mundo onde vamos aprender a ver para lá do que é imediato, a perceber a importância do nosso imenso poder pessoal, a acreditar na nossa intuição e a assumir a nossa verdade.

Sobre o autor: Gustavo Santos nasceu a 27 de maio de 1977. Assume-se como um homem feliz, portador de uma missão muito clara: ser uma das vozes do amor-próprio no mundo. A sua mensagem começa agora a afirmar-se mundialmente. Convidado para palestrar em diferentes países e, brevemente, com livros publicados noutras línguas, sente neste momento, e mais do que nunca, a importância de expandir, através do seu exemplo, a convicção do que se ganha quando assumimos quem somos, quando usamos a autenticidade como modelo de vida, quando nos entregamos ao respeito pela vontade própria e por cada vontade dos outros e, sobretudo, quando escolhemos viver a missão com que nos comprometemos. «Não é possível derrotar-te se não desistires.» Esta sua frase é o reflexo da vida que teve e tem. Nunca desistiu. Resistiu. Persistiu. Acreditou sempre. E ao invés de ser derrotado, aliou-se ao sonho de mudar o mundo. Já publicou três romances e uma autobiografia sobre o amor incondicional. Com a chancela de A Esfera dos Livros publicou Arrisca-te a ViverAgarra o AgoraA Força das Palavras e Ama-te e Ama-te – Nível 2.
----------------------------------------------------------------------
Sinopse: É impossível passar pela Quinta do Comandante, em Oliveira de Azeméis, e ficar indiferente ao edifício em avançado estado de degradação que ali se ergue. Atrás daquelas paredes em ruínas tanto se escondem histórias de amor como episódios trágicos com um final surpreendente. Numa certa noite, o comandante Batista de Carvalho juntou um grupo de amigos e familiares para uma festa. A meio do jantar levantou-se, dirigiu-se ao quarto, pegou num revólver e suicidou-se. Não é caso único nas tragédias que assolam os lugares abandonados de Portugal.
Lugares Abandonados de Portugal é uma viagem fascinante ao passado. São histórias de aldeias inteiras que, de um dia para o outro, ficaram abandonadas; de estações ferroviárias onde o apito dos comboios deixou de se ouvir; de mansões e palacetes em que o silêncio se instalou como uma herança maldita. Saber o que foi aquele lugar, quem ali viveu, o que aconteceu e porquê, perceber o que restou de tudo isso, do que nos falam os escombros ou as paredes que se mantiveram de pé, foi o objetivo de Vanessa Fidalgo com este trabalho.
De uma forma geral, somos surpreendidos com o que descobrimos.

Sobre a autora: Vanessa Fidalgo nasceu em 1978 em Lisboa. Licenciou-se em Comunicação Social, com a especialização de Publicidade e Marketing no ano 2000, pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP) da Universidade Técnica de Lisboa (UTL). Como colaboradora assinou artigos para as revistas SábadoLoud MagazinePromúsica, jornal Inside e também para o portal Diário Digital. Produziu textos publicitários e guiões para televisão. Desde 1997, é jornalista no diário Correio da Manhã, escrevendo atualmente para o seu suplemento Domingo e colaborando pontualmente com o canal CMTV. É uma das jornalistas responsáveis pela série 'Sinais do Além', exibida na CMTV. Foi na revista Domingo que, em 2010, publicou a reportagem «Ainda há histórias de casas assombradas», uma viagem pelo País real e pela internet sobre os mitos de fantasmas que de norte a sul do País continuam a dar que falar e a alimentar a imaginação popular e que viria a dar origem ao seu primeiro livro, Histórias de Um Portugal Assombrado (5ª edição). Na senda deste trabalho, seguiram-se 101 Lugares para Ter Medo em Portugal (3ª edição), Seres Mágicos de Portugal e Avistamentos de Ovnis em Portugal.
----------------------------------------------------------------------
Sinopse: Um sacerdote português a viver em Roma recebe uma carta a pedir o seu regresso urgente, mas discreto, a Portugal. À chegada a Lisboa, o padre Bartolomeu é confrontado com uma informação espantosa – a de que D. Afonso VI, o rei destituído que morrera após um longo e penoso cativeiro, afinal, talvez tenha deixado descendência. Esta nova informação ameaça seriamente a estabilidade do reino e coloca em causa não só o processo de destituição de Afonso como também a legitimidade do poder de D. Pedro.
 Depois da sua primeira ficção, sobre a vida de D. Manuel II, Os Últimos Dias do Rei, Nuno Galopim traz-nos desta vez um empolgante romance, passado em finais do século XVII, em que o controverso D. Afonso VI, O Indesejado é a figura central.

Um monarca maldito.
Uma traição entre irmãos.
Uma revelação que pode abalar o reino.

Sobre o autor: Nuno Galopim, nascido em 1967 começou por traçar um futuro nas ciências, mas o jornalismo, a rádio e, sobretudo, a música e o cinema acabaram por falar mais alto. Com 28 anos de carreira nos media, escreve hoje no Expresso Blitz e é autor dos blogues Sound+Vision e Máquina de Escrever. Tem também trabalho feito na música (do álbum Humanos à série «O Melhor do Pop-Rock Português»), no cinema (como ator, produtor, consultor, programador) e televisão, devendo estrear este ano um documentário da sua autoria. Em 2016 iniciou um trabalho com a RTP como consultor para o Festival da Canção e Festival da Eurovisão. No passado trabalhou em jornais como O Independente e Diário de Notícias e em revistas como a Billboard e Time Out. Teve programas nas estações de rádio Antena 1, Antena 2, Antena 3, XFM, TSF e Radar. Nos livros estreou-se com Vida e Morte dos Dinossáurios (1992), assinado em co-autoria com o pai, o Professor Galopim de Carvalho. É ainda autor dos livros Retrovisor: Uma Biografia Musical de Sérgio Godinho (2005),Os Marcianos Somos Nós (2015) e The Gift – 20 (2015). Os Últimos Dias do Rei, dedicado à figura de D. Manuel II, foi a sua primeira obra de ficção, publicada em 2016 pela Esfera dos Livros. O Indesejado, que tem D. Afonso VI como figura central, é o seu segundo romance.

Nenhum comentário:

Postar um comentário