sábado, 20 de agosto de 2016

[Pegadas & Opiniões] 'Um Novo Amanhã' de Dorothy Koomson

Autoria: Dorothy Koomson
Editora: Porto Editora
Data de publicação: Junho de 2016
Número de páginas: 470
Tradução: Irene Ramalho


Sinopse: No final dos anos 80, em Londres, duas meninas de oito anos partilham o mesmo nome e a mesma paixão pelo ballet. Nada as poderá afastar uma da outra, nem do sonho de, um dia, se tornarem bailarinas profissionais mundialmente famosas. 
Mas um ato de maldade de um homem destrói todos os sonhos de infância e promete derrubar de vez o mundo das duas amigas. E, assim, Veronika e Veronica seguem caminhos diferentes e invisíveis, desprovidos de fantasia ou esperança. 
Vinte anos depois, as memórias da amizade e a necessidade de mudar de vida vingam, forçando um novo cruzar de caminhos e a busca de um novo rumo, juntas.

Opinião: Bem, terminei esta leitura há dois dias e ainda estou agarrada à história tão forte que uma das minhas escritora favoritas, Dorothy Koomson, trouxe aos seus seguidores. Já li TODOS os romances da escritora e posso-vos garantir que se este não é o melhor livro está mesmo muito lá perto.
Marcadas por uma experiência traumática na infância, Veronika e Veronica tornam-se duas adultas com um percurso de vida muito diferente. Uma delas decide desaparecer da cidade e recomeçar de novo e a outra decide tornar-se freira. No entanto, nada as consegue fazer superar aqueles acontecimentos traumáticos e acabam por se encontrar, ao fim de vinte anos, para pôr um ponto final nos seus passados.
Quem já conhece a escritora sabe bem que esta nos presenteia sempre com histórias emocionantes e intensas, muito pouco clichés. Claro que 'Um Novo Amanhã' não foi excepção. 
A história de Veronika e Veronica vai emocionando e arrepiando a cada capítulo do livro. Dorothy Koomson, como é habitual. consegue intercalar perfeitamente o passado e o presente, sem se tornar confuso e criando capítulos sob a perspectiva das duas protagonistas.
São abordados temas muito pesados, que me cativaram imenso, como a vida religiosa, a toxicodependência, o alcoolismo, a realidade dos sem-abrigo, a violência psicológica e sexual, entre outros.
Entre dúvidas, lágrimas, compreensão, perplexidade e inquietação, esta leitura foi uma verdadeira montanha-russa emocional para mim! Tal como a autora nos avisa logo no início da leitura: este livro contém um enredo que pode agitar algumas mentes.
Obrigada Dorothy, espero que continue a agitar a minha mente por muitos e muitos anos!

Classificação:

Nenhum comentário:

Postar um comentário