quinta-feira, 8 de março de 2018

[Pegadas & Divulgações] Novidades Planeta - Março

Sobre o livro: O narrador de A Minha Verdadeira História é um adolescente de doze anos como outro qualquer, com os seus medos, inseguranças e desejos de novas experiências. 
Um dia ao regressar à escola, atira um berlinde de uma ponte e origina um acidente de viação que acaba com a vida de uma família. Só se salva Irene, uma rapariga da sua idade, que fica paralisada. 
A partir desse momento, a culpa apodera-se da sua mente e o protagonista encontra neste acto criminoso (transformado no seu grande segredo) e na sua obsessão e no seu amor por Irene a única saída de um ambiente familiar que se desmorona com o divórcio dos pais. 

Sobre o autor: Juan José Millás, nasceu em Valência, em 11946. É autor de inúmeras obras, vencedor de vários prémios onde se destacam (Prémio Planeta 2007 e Prémio Nacional de Narrativa 2008), pela sua obra O Mundo que o consagraram como um dos grandes escritores da actualidade.
Também se dedica ao jornalismo onde é cronista regular do diário El País, a sua prosa jornalística, várias vezes premiada, gerou tantos leitores fiéis, tal como nas suas obras literárias. 
Numa escrita psicanalítica e profunda, mas igualmente vívida na criação de ambientes, o autor criou uma obra ímpar traduzida em 23 línguas.
----------------------------------------------------------------------
Sobre o livro: Em apenas trinta segundos a sua vida pode transformar-se num pesadelo! 
Se há alguma coisa pior do que um pesadelo é que esse pesadelo se repita. E entre os nossos piores pesadelos, poucos causam mais angústia do que uma criança que desaparece sem deixar rasto.
É o que ocorre no início deste romance: num centro comercial, no meio do bulício de uma tarde de compras, um predador mantém-se à espreita, à coca, escolhendo a presa que está prestes a arrebatar. 
Essas poucas linhas, esses minutos de espera constituirão os derradeiros instantes de paz para os protagonistas de uma história a que os qualificativos comuns, «arrepiante», «impossível de largar», «surpreendente», ficam aquém, muito aquém, da realidade.  

Sobre a autora: Carme Chaparro (Barcelona, 1973) é jornalista, com uma vasta e consolidada carreira como apresentadora e editora em serviços informativos de televisão.
Há vinte anos que está à frente das principais edições informativas do grupo Mediaset, nos Serviços Informativos Telecinco e Noticias Cuatro, onde cobriu os acontecimentos nacionais e internacionais mais destacados das últimas duas décadas. 
A sua paixão pela leitura traduziu-se em paixão por escrever. Carme tem acumulado o trabalho em televisão com colaborações na qualidade de colunista para as revistas Yo Dona – onde possui um espaço semanal –, GQ e Mujer Hoy.
Também escreve no seu blogue no Yahoo. 
Não Sou Um Monstro é o primeiro romance.  
----------------------------------------------------------------------
Sobre o livro: É suposto as porteiras verem, ouvirem e saberem tudo. Mas a deste romance, pelos vistos, foge à regra.
Quando uma jovem solitária é assassinada no elevador do prédio onde vive, a porteira, que tem um cão bulímico, suspeita imediatamente dos «cranianos» que afinal são moldavos. 
A polícia vai provar que estava enganada. E interrogar todos os moradores: o engenheiro divorciado que enche a casa de mulheres, a namorada artista que inventa coreografias sexuais à Nove Semanas e Meia, os dois gémeos que passam as noites a brincar com o elevador ou o solitário jovem do Norte que veio à cidade vender óculos.   

Sobre a autora: Nasceu em Viana do Alentejo em 1966 e frequentou a Faculdade de Letras de Lisboa. Formou-se como actriz na Escola Superior de Teatro e Cinema.
Estreou-se no romance em 2012 com um dos mais interessantes títulos do ano literário: Todos os Dias São Meus, agora relançado pela Planeta e que já foi considerado uma pérola esquecida da literatura nacional, pelo cunho de romance negro e retrato social. 
Dramaturga, estreou as peças A Mãe da Noiva, Não Sou Eu, És Tu, no Teatro Rápido em 2012, e Sem Rede, pela Companhia de Teatro Chão de Oliva em 2013, tendo ainda lançado no mesmo ano, com a Planeta, o livro Quando Fores Mãe Vais Ver, uma pérola do folclore materno, onde desfia frases conhecidas de todos e revela uma escrita repleta de humor.
Estreia em 2018 o monólogo A Mãe da Noiva ou o Pranto de Maria Parva, interpretado por si. 
Colabora ocasionalmente com a revista Egoísta. 
----------------------------------------------------------------
Sobre o livro: No primeiro livro A Dieta Prática, Rita Rocha de Macedo marcou um ponto de viragem no panorama nutricional em Portugal e fez dos revolucionários grupos de dieta no Facebook uma tendência.
Quem seguiu os 28 dias de dieta ‘reclamou’ por mais e a nutricionista mais acarinhada nas redes sociais criou mais outro mês de dieta neste segundo livro com mais 83 receitas simples, rápidas e muito saborosas, para todos os almoços e jantares, e ainda pequenos-almoços, lanches, snacks e sopas. Quase todas com tempo de preparação inferior a 15 minutos. 
Mais Receitas da Dieta Prática pode ser usado como complemento do primeiro livro para uma perda de peso contínua e sem esforço, ou de forma independente, até 6 quilos em 4 semanas, sem fome, refeições insípidas ou a complicação que tantas dietas implicam. Rita Rocha de Macedo também planifica tudo ao pormenor, incluindo menus detalhados para os 28 dias de dieta, listas de compras semanais e dicas fundamentais para manter a força de vontade.  

Sobre a autora: Nasceu a 20 de Novembro de 1981. É licenciada em Ciências da Nutrição pelo Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz. Actualmente dá consultas em Cascais e no Estoril. 
Adora comer, mas sabe que há um mundo de receitas saudáveis, deliciosas e práticas e que a perda de peso é sempre possível sem gastar muito dinheiro. 
Criou a página de Facebook Dieta da Crise, onde partilha os seus conselhos e orientações de forma prática, simples e económica com todos aqueles que querem perder peso. O êxito foi estrondoso e conduziu à publicação do seu primeiro livro, A Dieta Prática – já em 3.ª edição -, que actualiza, organiza e expande a percursora Dieta da Crise, foi o seu primeiro livro. 
Mais Receitas da Dieta Prática, o seu segundo livro, responde ao apelo de numerosos leitores e pacientes: planifica ao pormenor mais 28 dias de dieta. 
------------------------------------------------------------------
Sobre o livro: O Japão é o país com a maior esperança de vida do mundo.
A escritora e jornalista Junko Takahasi investigou durante anos os hábitos de vida dos anciãos nipónicos e revela, através de testemunhos inspiradores a muitos centenários, como conseguem manter-se activos e saudáveis mesmo depois dos 100 anos. 
No Japão vivem mais de 65 mil centenários. E o que mais surpreende é a sua qualidade de vida, muito superior à que se supõe para pessoas com idade tão avançada. Esta é a sua história. Estes são os seus hábitos. 

O que comem? Quantas horas dormem? Em que acreditam? Continuam a ser profissionalmente activos? De que modo ocupam o tempo livre? Como se relacionam?   

Neste livro, vai ficar a saber o que este povo tem para nos ensinar sobre como viver mais tempo e, mais importante, como desfrutar dele.  

Sobre a autora: Junko Takahashi é jornalista e assessora de meios de comunicação estrangeiros no Japão. 
Já foi repórter e realizadora na delegação da Televisa em Tóquio e também colaborou com a delegação da Agencia EFE em Tóquio. Ao longo da sua carreira trabalhou em órgãos de comunicação de mais de 30 países de todo o mundo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário