quinta-feira, 14 de abril de 2016

[Pegadas & Opiniões] 'Sedução Perigosa' de Jess Michaels

Autoria: Jess Michaels
Série: Albright Sisters, #2
Editora: Quinta Essência 
Edição: Maio de 2014
N.º Páginas: 248
Tradução: Carmo Vasconcelos Romão

Sinopse: O sedutor acaba seduzido.
Tímida, obstinada e bela, Penelope está determinado a expor os casos licenciosos dos homens mais atrevidos da sociedade. Agora um deles - o libertino arrependido Jeremy Vaughn, duque de Kilgrath - foi escolhido para pôr fim à interferência da pudica senhora. O plano de Jeremy é diabolicamente inteligente: irá juntar-se à guerra de Penelope contra a imoralidade, lutando apaixonadamente ao seu lado, ao mesmo tempo que a enche de missivas eróticas anónimas destinadas a excitar mesmo a mais fria e mais relutante mulher. Irá derrubar as suas defesas e inflamar os seus desejos reprimidos por acompanhá-la (no interesse da sua «nobre campanha») aos palácios do prazer mais notórios de Londres. E irá visitar o boudoir dela - mascarado - durante a noite para a ensinar nas artes deliciosamente pecaminosas ela deseja abolir. Em seguida, irá expor a sua hipocrisia ao mundo.
Mas o esquema do belo duque está fadado ao fracasso pois a bela Penelope liberta-se de todas as inibições e cede livremente a todos os caprichos dele. Pois neste jogo sensual de corações, é o sedutor que se torna seduzido.

Opinião: Sedução Perigosa é um romance erótico de época, histórico. Para quem gosta deste género de livros aconselho vivamente, porque para além de um erotismo implícito é feita uma contextualização histórica excelente.
Este romance dá-nos a conhecer a viúva, solitária e magoada Penélope Norman, uma das irmãs Albright. O livro pertence a uma série de três romances acerca das três irmãs Albright e confesso que li primeiro o terceiro livro da série (há já alguns aninhos!) mas, já não os lendo por ordem, tenho a certeza de que muito brevemente irei ler o primeiro de todos.
Penélope, algo amarga pela infelicidade do seu passado casamento, começa, sem querer, uma espécie de cruzada contra os excessos sexuais da sociedade, as traições e a vida dupla dos Lordes casados. Por um lado, as mulheres apoiam-na mas, por outro lado, os homens ficam enraivecidos com tal intrometimento de Penélope, chegando mesmo a ameaçá-la.
A ameaça maior chega quando um grupo de seis amigos decide traçar um plano para destruir a imagem de Penélope, onde um deles vai ter de a seduzir para esta desacreditar da sua moral e bons costumes. Para isso, Jeremy, duque de Kilgrath, vai fazer tudo o que puder para seduzir a protagonista e desmascará-la em público. Naturalmente sedutor e bom vivã, Jeremy afirma falsamente que se sente arrependido pela sua má conduta na sociedade, pede o apoio de Penélope e a amizade entre eles vai crescendo.
Ao mesmo tempo que vai recebendo as visitas de Jeremy, Lady Norman recebe algumas cartas com um teor sexual que a deixam, inicialmente chocada, mas depois envolvida e cheia de interesse. É aqui que a verdadeira transformação acontece. Penélope está a deixar afetar-se pelas cartas, sem qualquer assinatura, e ela não pode ficar assim! Até que o cavalheiro marca um encontro com ela e tudo se desmorona no seu mundo quando tenta controlar os seus impulsos mas não consegue e deixa-se levar para caminhos orgásmicos com o seu admirador secreto.
Não vos vou contar o que se passa a seguir porque acho mesmo que vale a pena ler!
Jess Michaels consegue, com uma escrita muito sensual, crua e directa, criar uma história erótica de muita qualidade.

Classificação:


Nenhum comentário:

Postar um comentário