quarta-feira, 29 de junho de 2016

[Pegadas & Opiniões] 'Saudade' de Linda Holeman

Autoria: Linda Holeman
Editora: Planeta
Edição: Setembro de 2015
N.º Páginas: 543
Tradução: Raquel Dutra Lopes
 
Sinopse: Diamantina tem apenas treze anos quando o pai, um marinheiro holandês que deu à costa na ilha de Porto Santo, a abandona para ir em busca de diamantes no Novo Mundo.Pouco depois, a mãe, uma feiticeira e curandeira africana, adoece e morre, deixando a filha a lutar sozinha pela sobrevivência no pequeno casebre da praia onde viviam.
Por baptizar, marcada pela feitiçaria da mãe e pelo sangue estrangeiro que lhe corre nas veias, essa luta parece condenada ao fracasso. Durante algum tempo, a segurança de Diamantina parece encontrar-se em Abílio, que partilha o sonho de partir daquela ilha.
Contudo, Abílio é um homem sem escrúpulos, que a usa a seu bel-prazer. Se Diamantina fosse uma jovem respeitável, ele tê-la-ia desonrado. Mas ela não é respeitável e não consentirá que a desonrem.
Orquestra a fuga da ilha mediante um casamento de conveniência com um ex-padre, Bonifácio, que se encontra mergulhado num terrível ciclo de culpa, tentação e redenção, e que aceita esta marginal como esposa e penitência, levando-a para casa do pai, num vinhedo rodeado por montanhas, na ilha da Madeira, onde ela se sente ainda mais enclausurada.
Independentemente dos obstáculos que estes homens ponham no seu caminho, Diamantina recusa-se a aceitar o seu destino e determina-se a criar a vida que deseja para si.

Opinião: Fiquei simplesmente apaixonada por esta obra!
Esta é uma viagem inesquecível e um cenário exemplar do século XVIII em Portugal Continental e Ilhas. É incrível a maneira como somos envolvidos nos quatro cenários do livro, desde o Porto Santo, ao Curral das Freiras, ao Funchal e, por fim, Lisboa. Desde já os meus parabéns á autora pela excelente pesquisa e relação entre os principais acontecimentos históricos deste século!
Como já devem ter percebido, este é um romance histórico, onde acompanhamos a doce Diamantina pelo percurso da sua (dura) vida. Filha de uma curandeira e de um marinheiro holandês, esta é a história de uma rapariga que lutará, com todas as suas forças, para encontrar o seu pai e para conseguir uma vida melhor do que a pobreza e isolamento em que vive no Porto Santo.
A sua vida, cheia de encontros e desencontros, amores e desamores, paixões e ódios, fazem com que toda a história da nossa heroína seja excelente. São tantos os acontecimentos e as partidas que a vida prega a Diamantina que nos vemos a sentir compaixão, ternura e receio pela personagem.
Uma leitura intensa e emocionante, que nos presenteia com personagens muito fortes e um enredo que, quem lê, não esquece.

Classificação:


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário