quarta-feira, 13 de julho de 2016

[Pegadas & Divulgações] 'Vejo-te no céu' de Miguel Pedroso e Carlos G. Fernández

Sobre a obra: E quando o nosso animal de estimação parte, quando nos separamos do companheiro de tantas brincadeiras, que percebia quando estávamos tristes ou felizes, que nos recebia com alegria quando chegávamos a casa? Sentimos uma dor imensa e profunda e não queremos acreditar que tudo acabou.
Se bem que, geralmente, não se acredite que os animais tenham alma, numerosas investigações revelam que sentem amor e ódio, são solidários e inteligentes, distinguem o bem e o mal e, inclusivamente, chegam a manifestar alguma transcendência. A partir desta nova perspetiva, se existe um Além para os humanos, porque não para os animais? Os autores — jornalistas que colaboram em diversos meios de comunicação — recolhem aqui testemunhos emotivos acerca da ligação a partir do outro lado e comunicações entre o mundo dos espíritos e o nosso, facilitadas pelo carinho e a proximidade emocional com os nossos animais de estimação. Pretendem assim partilhar informação sobre um assunto que quase ninguém chega a debater e sobre o qual investigaram profundamente.
 
Sobre os autores:
Miguel Pedrero, escritor e jornalista, é redator e repórter da revista internacional Año Cero, membro da equipa do popular programa de rádio La rosa de los vientos (Onda Cero) e colaborador de Levántate y Cárdenas, o famoso morning show de Europa FM. Escreveu centenas de reportagens de investigação sobre temas tão diversos como o mundo da espionagem, enigmas históricos, conspirações, sociedades secretas ou fenómenos inexplicáveis, e também foi repórter dos programas Espacio en Blanco (Radio Nacional de Espanha) e Milenio (Radio Galega).
 
Carlos G. Fernández é escritor e jornalista. Atualmente trabalha no jornal galego Diario de Pontevedra e colabora semanalmente no programa Milenio da Radio Galega. É autor de centenas de artigos e reportagens sobre temas relacionados com mitos e crenças, assim como sobre fenómenos insólitos.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário