sexta-feira, 22 de julho de 2016

[Pegadas & Opiniões] 'Islão e Fundamentalismo Islâmico, das origens ao século XXI' de Teresa de Almeida e Silva

Autoria: Teresa de Almeida e Silva
Editora: Pactor
Data de publicação: Janeiro de 2016
Número de páginas: 178
 
Sobre a obra: Islão e Fundamentalismo Islâmico são, com frequência, associados e confundidos, de forma errada, sobretudo em virtude dos últimos acontecimentos que envolvem elementos da comunidade muçulmana. Todavia, não se pode tomar o todo pela parte. É, pois, errado pensar-se que uma pequena parte dos muçulmanos que defendem uma visão mais radical da religião representa todos os muçulmanos.
Esta obra procura esclarecer todas as ideias preconcebidas, ao apresentar, de forma clara, as especificidades e os alicerces da religião islâmica. Por outro lado, aborda o fenómeno do fundamentalismo islâmico, desde o século VII até ao século XXI, estabelecendo a ponte entre o ativismo radical e o terrorismo de matriz islâmica.
Esta 2.ª Edição Atualizada faz o rescaldo da chamada “Primavera” Árabe, analisando criticamente as mudanças políticas que têm ocorrido em alguns dos Estados que passaram por este processo e as consequências que advieram do mesmo. Aborda-se, também, o fenómeno do terrorismo de matriz islâmica recente, o qual, desde os ataques de 7 de janeiro de 2015, em Paris, contra o jornal satírico Charlie Hebdo, tem feito parte do quotidiano europeu, atingindo o seu auge de violência a 13 de novembro de 2015, também em Paris.
Em suma, esta obra pretende continuar a ser uma ferramenta muito útil ao leitor no seu estudo ou no seu quotidiano profissional.
 
Opinião: Num mundo onde todos os dias se fala e ouve falar do terrorismo islâmico, achei que seria uma mais-valia pessoal ler este livro. Assim sendo, um exemplar do mesmo foi-me fornecido pela Editora Pactor, e desde já agradeço a possibilidade desta leitura.
Esta é uma leitura muito interessante a nível intelectual pois a autora consegue, através da sua enorme pesquisa documental, desmistificar alguns conceitos relacionados com o Islamismo.
Começamos por conhecer o enquadramento histórico-religioso: Allah, o Deus do Islão; o Alcorão, chamado "O Livro Sagrado", que prova a veracidade de Allah; o Profeta Maomé, o escolhido por Allah para difundir esta religião; os sucessores do Profeta; as várias ramificações do Islão depois da morte do Profeta, como o Sunismo e o Shiismo; as primeiras dinastias árabes, Omíada e Abássida, e sua importância para a expansão do Islão; E, por fim, os cinco pilares do Islão: a profissão de fé, a oração, a esmola legal, o jejum e a peregrinação.
O primeiro pilar, e considerado o mais importante de todos, retrata a dedicação ao único Deus Allah; o segundo remete para a importância das orações diárias e obrigatórias; o terceiro diz respeito ao dever religioso, um dever dos ricos e direito dos pobres, onde os mais ricos dão as suas riquezas pela causa de Deus; o quarto pilar fala acerca do ramadão, feito ao nono mês do calendário muçulmano, como uma espécie de purificação onde todos estão proibidos de ingerir qualquer alimento ou bebida, fumar, ter relações sexuais, desde o nascer até ao pôr-do-sol; o quinto pilar diz respeito á peregrinação à cidade santa de Meca (Makkah), se tiverem saúde e possibilidade financeira.
Como uma forma de complementação dos pilares do Islão, Teresa de Almeida e Silva acrescenta o Jihad: o "esforço feito no sentido de encontrar o caminho de Deus". Para os ativistas radicais do Islão, Jihad é traduzido como uma "Guerra Santa" ou "Guerra Justa" e tem cinco objectivos: defender o Islão, combater os inimigos, combater a injustiça e corrupção, estar preparado para a jihad e o cumprimento de normas para com o inimigo (proibição de assaltos noturnos, guerra biológica, queima de gado e de corpos, etc).
A segunda parte do livro já aborda o tema mais actual do Fundamentalismo Islâmico. Começamos por perceber as características e causas deste fundamentalismo, a sua evolução histórica, os vários movimentos executados. Acima de tudo, ficamos a perceber a diferença entre o Fundamentalismo Islâmico e o Terrorismo Islâmico (esta foi a parte do livro que achei mais interessante).
Com o desenvolvimento de uma série de conceitos envoltos ao terrorismo de matriz islâmica e fundamentalismo islâmico, e abordando esta atualidade a nível global e mundial, este livro ajuda-nos a conhecer, mais a fundo, a luta que tem sido travada contra o Ocidente.
Como já havia referido anteriormente, este livro aborda uma problemática recorrente do nosso quotidiano e penso que seria importantíssimo que todos nós tivéssemos conhecimento do que se está a passar no mundo árabe. Este livro é o ideal para quem procura este conhecimento!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário