terça-feira, 15 de novembro de 2016

[Pegadas & Opiniões] 'A Vida Num Degrau' de Diogo Telles Correia

Autoria: Diogo Telles Correia
Editora: Pactor
Data de publicação: Junho de 2016
Número de páginas: 111

Sinopse: Neste livro somos acompanhados numa viagem apaixonante ao mundo de António, Afonso, Pedro e Joana, que se viram desprovidos da plenitude das suas vidas, mas que "degrau a degrau" combateram a depressão. Baseado em casos reais, assistimos, ao longo destas fascinantes páginas, à forma como cada um encarou esta doença, os tortuosos e amargurados caminhos que percorreu e os diversos tipos de acompanhamento que recebeu.
Diogo Telles Correia mostra-nos que a depressão, nas suas várias formas clínicas, assume hoje em dia proporções inimagináveis e afeta pessoas de todos os sexos, idades e classes sociais, mas pode ser curada. 
Histórias de vida que nos impressionam e nos apaixonam. Casos reais de luta e de superação.

Opinião: Em primeiro lugar quero agradecer á Editora que, gentilmente, me cedeu um exemplar para eu ler esta obra. Já tinha lido o livro 'Eu Existo' do autor e fiquei fascinada com a abordagem que o autor faz à psicoterapia e psicofarmacologia (podem ler aqui a opinião).
Mais uma vez, Diogo Telles Correia, um Psiquiatra de sucesso, vem mostrar-nos o caso de quatro pacientes que, contra tudo e contra todos, lutaram contra a doença e têm tido sucesso. Sucesso esse que advém da boa relação que o Psiquiatra estabelece com os seus doentes, através da sua humildade e humanismo.
António, Afonso, Pedro e Joana são quatro casos reais de doentes psíquicos. António, um caso de depressão provocado por fatores biológicos; Afonso, com uma depressão provocada por um desgosto amoroso; Pedro, com uma depressão reativa, causada por Mobbing (bullying no local de trabalho); Joana, com uma depressão bipolar.
Todos os casos apresentavam uma gravidade extrema quando chegaram ao consultório do Doutor. À medida que as consultas se iam desenvolvendo e o Psiquatra e o doente exploravam o verdadeiro "eu" do doente, degrau a degrau, ia-se vendo a luz ao fundo do túnel e juntos combatiam a doença mental.
Este livro, tal como o 'Eu Existo', vem desmistificar o papel do Psiquiatra na relação e evolução dos seus pacientes. A realidade é que a percepção comum  (e desconhecimento) que temos dos Psiquiatras é que estes são os médicos que apenas se importam em prescrever as receitas de ansiolíticos e antidepressivos, sem se preocuparem muito em aprofundar as causas das patologias. Desengane-se se pensa assim.
Diogo Telles Correia, sem dúvida, demonstra ser um ser humano e profissional muito especial e compreensivo. Parabéns por isso!

Classificação:


Nenhum comentário:

Postar um comentário